Imóvel pronto ou na planta? Descubra as vantagens de cada um

Antes de começar a procurar, você precisa definir qual imóvel se encaixa melhor no seu estilo de vida.

Considerando os imóveis novos surgem aquelas dúvidas: Qual empreendimento é ideal para investir? Será que comprar um imóvel na planta é mais vantajoso do que comprar um apartamento pronto?

Para ajudar a esclarecer estas dúvidas, destacamos alguns pontos para você avaliar qual empreendimento atende melhor às necessidades da sua família. Vamos lá?

Imóvel pronto ou na planta? Qual a melhor opção?

Mudança

Imóvel pronto: para quem não quer esperar ou precisa mudar imediatamente, o imóvel pronto é a melhor opção. O comprador terá que aguardar apenas o tempo de fechamento do contrato, que leva em torno de 60 dias.

Na planta: para quem não tem pressa a compra na planta permite um planejamento maior da mudança. Em média as construtoras estipulam um prazo de aproximadamente 30 meses para a entrega do imóvel (alguns edifícios são entregues antes).

Segurança

Imóvel pronto: comprar um imóvel pronto é mais seguro, visto que ele já existe e você pode vê-lo e tocá-lo. Sendo assim, você não terá problemas com atrasos de obras ou até mesmo com a possibilidade de não entrega do empreendimento.

Na planta: investir em um imóvel ainda na planta envolve alguns riscos. A entrega pode atrasar e não há como garantir que o empreendimento será entregue. Portanto, é importante pesquisar a idoneidade da empresa, solicitar documentos que comprovem o capital (para verificar se ela pode, de fato, terminar aquela construção), procurar reclamações no PROCON ou no Reclame Aqui, e conversar com clientes que já compraram imóveis da construtora. Se ela for confiável, não existe problema algum em investir em imóveis na planta.

Custo-benefício

Imóvel pronto: imóveis já prontos costumam ser mais caros do que os imóveis ainda na planta. Isso porque durante a construção do apartamento existe a possibilidade de crescimento da região, que valoriza o imóvel. Outra justificativa é a segurança, como citamos no item anterior, que permite ao comprador total garantia da entrega do empreendimento.

Na planta: como o comprador precisa esperar um período considerável de tempo até que o imóvel fique pronto, os empreendimentos na planta custam menos e são uma ótima opção para quem pretende economizar na hora de comprar, mas não abre mão da qualidade.

Financiamento

Imóvel pronto: quando o imóvel já está pronto, o comprador consegue solicitar o financiamento de imediato, de acordo, é claro, com a capacidade de pagamento dele. A entrada exigida varia entre 10% e 30% do valor total da propriedade.

Na planta: o comprador só poderá solicitar o financiamento quando o imóvel estiver pronto. Sendo assim, você ganha tempo para planejar o pagamento das prestações.

Comprar um empreendimento na planta exige que o comprador desembolse cerca de 30% do valor do imóvel – a boa notícia é que você pode pagar esse valor até a entrega das chaves.

Resumindo:

O segredo é pesquisar bastante antes de tomar qualquer decisão. Visite os imóveis prontos da construtora, converse com clientes e veja o nível de satisfação deles, procure reclamações e não se esqueça de verificar a idoneidade da construtora. É importante, também, analisar o potencial de crescimento da região, a proximidade de comércios, hospitais, transporte público e áreas de lazer.

Lembre-se: tudo deve ser pensado e analisado de acordo com as necessidades da sua família.