Mudança, sim. Reviravolta, não

Agora que já escolheu seu novo lar é chegada a hora da mudança… tão esperado momento, mas tão assustador e trabalhoso…será?

Não precisa ser assim, com um pouco de organização, a mudança pode ser um momento de renovação, tanto quanto a sensação de casa nova.

Nós, da Habitram, que adoramos ver sonhos realizados na melhor versão “lar, doce, lar”, trouxemos algumas dicas valiosas para uma mudança mais tranquila e otimizada:

  1. Sessão desapego, antes de iniciar o empacotamento, veja o que de fato utiliza, desde roupas até objetos de cozinha e doe para quem precisa, o que você não usa mais.
  2. Tenha caixas de papelão fortes e de tamanhos variados, lembrando que não deve encher a caixa até a boca, pois fica muito pesado e difícil de carregar. Reforce a base das caixas com fita adesiva e mãos à obra.
  3. Identifique as caixas por setor, pode ser escrevendo na caixa se é da cozinha, sala ou ainda colando um papel de cor diferente para cada setor. É importante numerar as caixas de cada cômodo da casa e anotar em uma listagem para conferência posterior.
  4. Tenha jornal, plástico bolha para poder empacotar itens mais delicados e que quebram com facilidade. Nestas caixas é importante escrever CUIDADO FRÁGIL, para evitar que se coloque peso sobre a caixa ou a transporte de maneira mais displicente.
  5. As roupas podem ser levadas dentro de malas de viagem, assim como itens menores como sapatos, que podem ser embalados em sacos plásticos.
  6. Os tapetes podem ser enrolados e os colchões encapados com o próprio lençol tipo envelope, pois, em caso de sujar, o lençol é de fácil lavagem.
  7. Outra dica essencial é empacotar primeiro o que menos usa e desempacotar primeiro o que mais usa, desta forma, as caixas numeradas lhe auxiliarão tanto nesse processo como na garantia de que nada ficou para trás.
  8. Em caso de montagem e desmontagem, temos dicas importantes, fotografar como era antes para replicar depois e se tiver parafusos e roscas, além disso, guarde-os em saquinhos separados para cada móvel. Ainda com conexões e cabos, fica muito mais fácil etiquetar com o mesmo número o cabo e aonde deve-se encaixar.
  9. Medir, fazer um pequeno croqui de onde vai o que, pode ser de grande valia no dia da mudança, assim poderá marcar em uma fita adesiva qual móvel será encaixado naquele canto exato, o que ajudará muito o time de carregadores e você não precisará ficar direcionando isso no momento. Assim como já solicitar para que deixem cada caixa em seu determinado cômodo.
  10. Alguns dias antes de mudar, lembre-se de avisar sobre correspondências e solicitar o desligamento dos serviços aonde mora e a ligação dos mesmos para aonde irá.
  11. Chegando na casa nova, coloque em cada cômodo primeiro os itens maiores e depois os menores, por exemplo, entre com o armário, cama, colchão, mesinhas, cadeiras, caixas e malas, nesta ordem. Antes de abrir qualquer caixa ou mala, primeiro faça ou garanta a montagem dos itens maiores, pois com esses montados fica mais fácil direcionar o que for retirando das caixas e malas.
  12. Muito provavelmente não conseguirá desempacotar tudo em um só dia, assim priorize, e faça os de maior relevância e uso. Se tiver tempo, recomenda-se começar um cômodo e terminar, para que não fique com a casa inteira em desordem. Para os detalhes e o toque final, reserve um dia exclusivo para isso, com mais calma.
  13. Ah, antes de ir, vá em cada cômodo e verifique se nada ficou perdido, feito isso começa uma nova etapa em sua vida, casa nova!
  14. Mudança feita, móveis no lugar, itens das caixas e malas já acondicionados, vá para os detalhes, coloque uma planta, traga uma flor para o vaso e aproveite.

Casa nova, tudo em seu lugar, mudança, sim, reviravolta, não !